86,2 mil benefícios foram concedidos de forma automática pelo INSS

NOTÍCIA


PREVIDENCIÁRIA

Na concessão automática, o segurado liga no telefone do INSS pelo número 135 ou acessa a internet e faz o requerimento do benefício, sem a necessidade de ir a uma agência do INSS para formalizar o pedido.

Fonte: INSS / MDS
Publicado: 23/11/2018 – Atualizado: 26

Análise automática de requerimentos facilita a vida dos segurados.

Mais de 86,2 mil benefícios foram concedidos de forma automática desde o lançamento do formato de análise dos requerimentos de benefícios. Na concessão automática, o segurado liga no telefone do INSS pelo número 135 ou acessa a internet e faz o requerimento do benefício, sem a necessidade de ir a uma agência do INSS para formalizar o pedido. Constatado que todas as informações nas bases cadastrais do INSS estão corretas, o benefício é concedidos de forma automática.

A primeira espécie de benefício a ser concedida de forma automática foi a Aposentadoria por Idade. Somente de setembro de 2017 – quando a modalidade foi lançada – até agora, 48,7 mil  benefícios foram concedidos. A partir de fevereiro de 2018 o salário maternidade também entrou para a modalidade de concessão automática. De lá para cá 35,2 mil requerimentos dessa espécie foram liberados a distância.

Nesses dois benefícios, a concessão automática dispensa agendamento. Significa que o segurado só irá agência se for chamado para apresentar algum documento complementar.

Já a Aposentadoria por Tempo de Contribuição, por estar na fase inicial, se mantém em um tipo de regime híbrido entre automático e presencial. Significa que, se o requerimento não puder ser concedido de forma automática, o segurado é informado, na hora, de que deverá fazer um agendamento para ir a uma agência do INSS entregar os documentos complementares. Do lançamento, até agora, 2,3 mil Aposentadorias por Tempo de Contribuição, foram feitas no modo automático.

A concessão automática de benefícios é uma entre diversas ações que o INSS vem adotando para garantir um melhor atendimento aos segurados. Paralelamente às concessões automáticas, o INSS vem realizando Acordos e Cooperações Técnicas (ACT) com entidades representativas de trabalhadores para recepcionar os requerimentos em suas sedes, sem que o interessado precise comparecer às unidades de atendimento do INSS.

Ao mesmo tempo, o Instituto criou as Centrais de Análise de Processos, que vão funcionar da seguinte forma: um grupo de servidores está sendo realocado para atuar exclusivamente na análise e concessão de benefícios nas 104 gerências-executivas do INSS em todo o país. A previsão é de que a força de trabalho aumente em mil servidores atuando nessa área, já que o INSS realocará servidores que atuam nas unidades de atendimento para trabalharem, exclusivamente, na análise para concessão de benefícios.

Do mesmo modo, adotou  procedimentos com o objetivo de facilitar e modernizar as formas atendimento, por meio de mais de uma centena de serviços disponíveis na Central Telefônica do INSS pelo número 135. Somente este ano, até setembro, mais de 55 milhões de atendimentos foram realizados pelo telefone do INSS.

Além disso, estabeleceu a Central de Serviços Meu INSS, uma solução tecnológica criada para facilitar a vida dos segurado, por meio de computador ou celular. A ferramenta permite requerer e ter concedido automaticamente algumas espécies de benefícios. Possibilita, ainda, solicitar e acompanhar o andamento dos processos de benefícios, obter o resultado de perícias médicas, fazer agendamentos, realizar consultas, atualizações de cadastro, além da emissão de extratos e documentos, entre outros serviços.

ACS/INSS INSS: https://www.inss.gov.br/